• Notícias

Notícias

  • Publicidade Institucional
  • Estudante Internacional

ESTeSC promove estudo inédito sobre radiação ionizante

 

O departamento de Imagem Médica e Radioterapia da Escola Superior de Tecnologia da Saúde (ESTeSC) do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) está a promover um estudo inédito de âmbito nacional com o objetivo de estabelecer Níveis de Referência de Diagnóstico para os procedimentos mais frequentes por modalidade de imagem médica que utilize radiação ionizante.

Através deste estudo, será possível caracterizar os valores de dose dos exames mais realizados em Portugal e a tecnologia de equipamento mais comum nos departamentos de imagem médica portugueses. Esta informação permitirá analisar as práticas em curso e estabelecer Níveis de Referência de Diagnóstico (NRD), otimizando procedimentos por forma a reduzir a exposição à radiação e consequentemente risco para o doente.

Realizado em parceria com o Centro de Ciências e Tecnologias Nucleares do Instituto Superior Técnico, a Divisão de Física Médica da Sociedade Portuguesa de Física e a Sociedade Portuguesa Radiologia e Medicina Nuclear, e com o apoio científico da Direção-Geral da Saúde, o estudo surge no âmbito do trabalho desenvolvido pela ESTeSC enquanto Centro Colaborador da Organização Mundial de Saúde para a Proteção Contra as Radiações e Saúde e está a ser coordenado pelos investigadores Joana Santos e Graciano Paulo – ambos docentes da ESTeSC.

Cerca de 500 entidades licenciadas com equipamentos de imagem médica foram convidadas a participar na investigação, cuja fase de recolha de dados se prolonga até maio. O relatório final deste trabalho será apresentado em julho.

Note-se que Portugal nunca realizou um estudo nacional dos níveis de exposição à radiação ionizante, havendo, no entanto, trabalhos de investigação isolados que apontam para valores altos de exposição. A investigação promovida pela ESTeSC segue as recomendações internacionais nesta matéria e os questionários aplicados foram realizados à semelhança dos utilizados noutros países europeus. De forma a ir ao encontro das indicações dos estudos mais recentes, a criação de NRD será realizada por região anatómica e indicação clínica específica.

 

Os docentes da ESTeSC Graciano Paulo e Joana Santos coordenam o estudo

 

® ESTESC | Todos os direitos Reservados.   POSI POSI EU W3C css W3C xhtml