• Notícias

Notícias

  • Publicidade Institucional
  • Estudante Internacional

Bandeira verde hasteada pelo 9º ano consecutivo

 

A Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Coimbra (ESTeSC) hasteou a Bandeira Verde – Eco-Escolas, numa cerimónia simbólica realizada 25 de outubro, onde se realçaram as boas práticas ambientais da instituição, no âmbito do projeto Eco-Escolas.

Trata-se do nono ano consecutivo em que a ESTeSC é distinguida pela Associação Bandeira Azul da Europa – ABAE com a atribuição da Bandeira Verde, reconhecendo a instituição como uma Eco-Escola, desde que, em 2008, se tornou a primeira Escola do ensino superior, em todo mundo, com “Bandeira Verde”.

O Programa Eco-Escolas é um Programa Internacional, que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas instituições de ensino, no âmbito da Educação Ambiental, Sustentabilidade e Cidadania.

De acordo com a presidente da ESTeSC, Ana Ferreira, “a ESTeSC tem vindo a desenvolver diversas iniciativas tendo em vista a melhoria do seu desempenho ambiental, da gestão do espaço escolar e da sensibilização da comunidade, ao nível de diversos temas chave, como são o caso da água, resíduos, energia, florestas, transportes, ruído e qualidade do ar”, referindo que a atribuição do galardão Eco-Escolas desde o ano letivo 2008/2009, é fruto deste trabalho, considerando aquelas que têm sido as suas preocupações associadas ao Desenvolvimento Sustentável e à Conservação do Ambiente.

Para Ana Ferreira, esta distinção é “o reconhecimento do trabalho desenvolvido no âmbito da educação ambiental”, realçando que o galardão visa também garantir a participação dos estudantes na tomada de decisões, envolvendo-os na construção de uma escola e de uma comunidade mais sustentáveis. “Espero que a obtenção deste galardão seja um incentivo acrescido para fazer mais e melhor que no ano anterior, promovendo o nome da ESTeS Coimbra, mas principalmente as suas boas práticas ambientais”, afirma a responsável.

O Programa procura, igualmente, estimular a criação de parcerias locais entre a escola e as autarquias, contribuir para um maior envolvimento e participação em todo o processo, das autarquias, empresas, órgãos de comunicação social e outros agentes interessados em contribuir para a melhoria do Ambiente. Segundo o coordenador Eco-Escolas na ESTeSC, Hélder Simões, estas melhorias traduzem-se, também, “numa melhor gestão dos recursos e, consequentemente, na diminuição de custos que, na ESTeS Coimbra, se evidenciaram nos consumos de água, energia e papel, entre outros”.

O responsável adianta que durante o ano letivo vai ser criado na ESTeSC um espaço para separar, para depois reciclar, o papel, passando pelas pilhas, tinteiros e toneres, REE – resíduos elétricos e eletrónicos, até ao óleo e as roupas e materiais escolares.

 

® ESTESC | Todos os direitos Reservados.   POSI POSI EU W3C css W3C xhtml