• Notícias

Notícias

  • Publicidade Institucional
  • Estudante Internacional

Técnico da ESTeSC-IPC integra plataforma europeia na área das relações internacionais

 

É o primeiro português a integrar um grupo de trabalho da European Association for International Education (EAIE). Rui Branco Lopes, técnico superior da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Instituto Politécnico de Coimbra (ESTeSC-IPC), vai colaborar com a associação no triénio 2018-20, inserido no Grupo de Especialistas de Gestão de Programas Europeus. A primeira reunião de trabalho aconteceu a 4 e 5 de dezembro, em Frankfurt.

Fundada em 1989 e contando com mais de 3000 membros, a EAIE é uma organização sem fins lucrativos, que serve profissionais ativamente envolvidos na internacionalização das suas instituições, organizando formações, conferências e delineando estratégias de partilha de competências e conhecimento atualizado. Além de uma plataforma de intercâmbio estratégico, constitui-se como uma organização de referência na definição e discussão de políticas de internacionalização do ensino superior junto da Comissão Europeia.

Rui Lopes foi convidado a integrar Grupo de Especialistas de Gestão de Programas Europeus da EAIE, cuja missão passa por monitorizar os desenvolvimentos e contribuir para as negociações de programas europeus de mobilidade. Um convite que lhe permitirá “estar no centro do conhecimento atualizado, no que diz respeito à estratégia e práticas de internacionalização de instituições de ensino superior Europeias”, nota.

A desempenhar funções no Gabinete de Relações Internacionais e Comunicação Institucional da ESTeSC-IPC desde 2011 Rui Lopes tem participado ativamente em intercâmbios e encontros de trabalho europeus. Integrar a EAIE representa um novo desafio, mas também “uma oportunidade de evoluir profissionalmente e desta forma contribuir para a notoriedade e dimensão internacional” da ESTeSC e do Politécnico de Coimbra. “Desejo que esta nomeação sirva de incentivo a todos os profissionais do ensino superior que não desempenham funções letivas, mas que são peças fundamentais no seu normal funcionamento e sucesso”, frisa.

Para o presidente da ESTESC, João José Joaquim, a integração de Rui Lopes na EAIE vai ao encontro da decisão estratégia da instituição, que passa por “integrar estruturas europeias e participar ativamente nas decisões que possam induzir uma evolução e desenvolvimento do ensino superior”. “A Escola pretende constituir-se como um parceiro que acrescente valor e possa obter mais-valias ao integrar estruturas de dimensão da European Association for International Education”, afirma.

 

Rui Branco Lopes (à esquerda), com Raimonda Markeviciene, Unni Sagberg, Jennifer Borde e Adam Lipski, do grupo de Especialistas de Gestão de Programas Europeus da EAIE

 

® ESTESC | Todos os direitos Reservados.   POSI POSI EU W3C css W3C xhtml