Mestrado em Farmácia

Mestrado em Farmácia - Especialização em Farmacoterapia Aplicada

APRESENTAÇÃO

 

O curso de Mestrado em Farmácia – Especialização em Farmacoterapia Aplicada contempla 90 ECTS e uma duração normal de 3 semestres. As aulas irão funcionar em regime diurno/misto e presencial, às sexta-feira das 18horas às 22 horas e sábados das 09 horas às 18 horas.

Área científica predominante: ciências de farmacêuticas, com a classificação CNAEF 727

Este ciclo de estudos integra um curso de especialização, constituído por um conjunto de unidades curriculares correspondente ao 1º ano, num total de 60 ECTS, nomeadamente Farmácia Clínica; Regulamentação da Farmácia e do Medicamento; Farmacologia Avançada; Investigação e Desenvolvimento de Medicamentos; Toxicologia Medicamentosa; Farmacocinética Clínica; Farmacoterapia Aplicada; Acompanhamento Farmacoterapêutico; Informação do Medicamento e Produção Científica, Farmacoterapia em Grupos Especiais e Trabalho de Projeto Original I/Estágio I.

 

Mais informação e plano de estudos aqui.

O avanço do conhecimento, a crescente exigência de qualidade na prestação de cuidados na área da farmácia, justifica este ciclo de estudos, que pretende:

  • Aprofundar conhecimentos na área da Farmacoterapia que promovam o uso racional de medicamentos;
  • Proporcionar formação avançada que permita uma abordagem especializada na área de cuidados farmacoterapêuticos;
  • Desenvolver capacidades de análise, avaliação e aplicação dos conhecimentos, na prática profissional;
  • Permitir a difusão e sistematização de conhecimentos avançados, centrados no doente, seu acompanhamento e monitorização da terapêutica medicamentosa bem como na avaliação dos seus resultados;
  • Proporcionar o aprofundamento de conhecimentos e competências que constituam a base do desenvolvimento ou aplicação, centradas na intervenção hospitalar ou comunitária;
  • Aprofundar a compreensão de metodologias de investigação, desenho e análise de estudos, enquadrados na atividade profissional;
  • Desenvolver a articulação entre os diferentes níveis de cuidados de saúde de acordo com as necessidades e prioridades que apresentam as patologias crónicas de maior prevalência;
  • Facilitar a aquisição de conhecimentos e estratégias de comunicação efetiva entre o paciente e o profissional de saúde.

  1. Titulares do grau de licenciado em farmácia, ciências farmacêuticas ou equivalente legal;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um primeiro ciclo de estudos em farmácia, organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um estado aderente a este processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em Farmácia pelo conselho técnico cientifico;
  4. Detentor de um currículo escolar, científico ou profissional revelador da capacidade para a frequência do curso, que seja reconhecido pelo conselho técnico-científico.

O reconhecimento a que se referem as alíneas b), c) e d), tem apenas como efeito o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, não conferindo ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

-Cartão de Cidadão (frente e verso) ou Bilhete de Identidade e Número de Identificação Fiscal ou Passaporte (terá de escrever no documento que a entrega apenas se destina para confirmação de informação para efeitos de  candidatura na ESTeSC);

-Documento comprovativo de habilitação de curso superior de licenciatura, com informação da classificação final;

-Curriculum vitae de acordo com modelo europas e documentos comprovativos dos elementos nele constantes em língua portuguesa ou inglesa ou com tradução certificada;

-Outros documentos relevantes para o processo de candidatura (Ex: certificados de habilitações académicas superiores ao grau de licenciado ou bacharel, e comprovativos da experiencia profissional).

 

Todos os documentos (estrangeiros) têm que ser autenticados pelos serviços oficiais do respetivo país de origem e entregues em versão traduzida para português, com tradução reconhecida pela autoridade diplomática ou consular portuguesa ou trazer a apostilha da Convenção de Haia, não sendo obrigatória a tradução de documentos cuja língua original seja a espanhola, francesa ou inglesa, desde que devidamente autenticados.

1ª Fase:

– Candidatura: até 11 de julho de 2021;

– Afixação da lista de admitidos e seriada dos candidatos colocados: até 20 de julho de 2021;

– Reclamações: até 22 de julho de 2021

– Decisão sobre reclamações/lista final seriada de colocação: até 29 de julho de 2021;

– Matrícula e inscrição (exclusivamente on-line): 03 a 05 de agosto de 2021.

 

2ª Fase:

– Candidatura: de 09 de agosto a 12 de setembro de 2021;

– Afixação da lista de admitidos e seriada dos candidatos colocados: até 21 de setembro de 2021;

– Reclamações: até 23 de setembro de 2021

– Decisão sobre reclamações/lista final seriada de colocação: até 30 de setembro de 2021;

– Matrícula e inscrição (exclusivamente on-line): 04 a 06 de outubro de 2021.

 

No caso de não serem preenchidas todas nas vagas nas fases do concurso, poderá realizar-se uma nova fase de candidaturas mediante autorização do Presidente da ESTeSC com calendário a divulgar.

1.ª Fase: 30 Vagas

2.ª Fase: Vagas sobrantes da 1ª fase

As candidaturas realizam-se exclusivamente on-line através da plataforma informática de gestão académica (NONIO – https://inforestudante.ipc.pt/). – Manual de candidaturas on-line (Link)

No final do processo o candidato deverá imprimir/visualizar o pagamento dos emolumentos associados à sua candidatura e o comprovativo da sua candidatura.

 

A candidatura só será válida e considerada aceite para efeitos do concurso, após a receção do pagamento do emolumento da candidatura na ESTeSC até ao ultimo dia de candidatura da respetiva fase.

 

RESULTADOS

A disponibilização das listas seriadas provisórias e das listas definitivas homologadas pelo IPC, são efetuadas através plataforma informática de gestão académica (NONIO – https://inforestudante.ipc.pt/), acessíveis aos candidatos através da área da candidatura.

As matriculas e inscrições decorrerem exclusivamente on-line através da plataforma informática de gestão académica (NONIO – https://inforestudante.ipc.pt/). – Manual de matriculas e candidaturas online (Link)

A matricula terá de ser finalizada através da prova de vida, para o efeito os candidatos colocados receberão uma notificação com um link de acesso a uma sessão ZOOM.

A não efetivação/validação da matricula e inscrição por parte do candidato colocado, nos prazos estabelecidos, implica a perda de vaga, sendo chamado o candidato não colocado de acordo com a ordem de seriação da lista definitiva homologada pelo IPC.

A candidatura está sujeita ao pagamento de uma taxa de acordo com a TABELA DE EMOLUMENTOS e deverá ser paga através de multibanco depois de formalizada a inscrição.

Presidente: Ana Paula Gomes Fonseca (Coordenador do Curso)

Vogal: Rui Santos Cruz

Vogal: Sofia Andreia Domingues Viana