Mestrado Europeu em Ciências Biomédicas Laboratoriais

APRESENTAÇÃO

 

O Mestrado Europeu em Ciências Biomédicas Laboratoriais contempla 120 ECTS e uma duração normal de 4 semestres curriculares.

Área científica predominante: ciências biomédicas laboratoriais, com a classificação CNAEF 725.

O mestrado será ministrado pelo Consórcio constituído pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra e por quatro Instituições de Ensino Superior da União Europeia:

-Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra – Coimbra, Portugal;

-University of Gothenburg – Gotemburgo, Suécia;

-Wien University Campus of Applied Science – Viena, Aústria;

-Technological University Dublin – Dublin, Irlanda

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra é a instituição coordenadora do Consórcio, sendo o responsável pela calendarização das aulas, pela sua divulgação anual e pela gestão administrativa do processo de avaliações.

 

Mais informação e plano de estudos aqui.

– O objetivo principal é fornecer o acesso ao ensino pós-graduado de especialização em Ciências Biomédicas Laboratoriais na União Europeia, aumentando a dimensão Europeia das Ciências Biomédicas e a sua identidade, harmonizando e apoiando as especializações em Ciências Biomédicas Laboratoriais.

– O programa vai facilitar aos alunos aumentar o seu conhecimento especializado, promover a mobilidade dos diplomados e oferecer profissionais das Ciências Biomédicas Laboratoriais pós-graduados para o mercado Europeu.

– O grau é atribuído aos estudantes que demonstrem:

1.Saber como aplicar o seu conhecimento e capacidade de compreender e resolver problemas de forma abrangente em novas situações e contextos multidisciplinares desconhecidos;

2.Ser capaz de integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver soluções e proporcionar decisões em situações de informação limitada ou incompleta, incluindo reflexões sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais que resultem dessas soluções e desses juízos ou condicionantes na área das em Ciências Biomédicas Laboratoriais;

3.Ser capaz de comunicar as conclusões, conhecimentos e raciocínios subjacentes de forma clara e sem ambiguidades;

4.Desenvolver as competências para aprender ao longo da vida, de um modo fundamentalmente auto-orientado e independente.

1.Titulares do grau de licenciado ou bacharel em Ciências Biomédicas Laboratoriais / Ciências Biomédicas ou equivalente legal;

2.Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um primeiro ciclo de estudos em Ciências Biomédicas Laboratoriais / Ciências Biomédicas, organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um estado aderente a este processo;

3.Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado em Ciências Biomédicas Laboratoriais pelo conselho técnico cientifico;

4.Detentor de um currículo escolar, científico ou profissional revelador da capacidade para a frequência do curso, que seja reconhecido pelo conselho técnico-científico.

 

O reconhecimento a que se referem as alíneas b), c) e d), tem apenas como efeito o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, não conferindo ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

Apenas serão admitidos os graus académicos considerados nas alíneas a) e b) do ponto anterior se, no seu plano de estudos de origem, os alunos tiverem concluído um mínimo de 60 ECTS num conjunto de disciplinas da área de Ciências Biomédicas Laboratoriais, sendo consideradas, por exemplo, as seguintes áreas: Bioquímica Clínica, Imunologia Clínica, Microbiologia Clínica, Citopatologia, Hematologia, Histopatologia, Imunohistoquímica, Patologia Molecular, Ciências da Transfusão e Transplante.

Cumulativamente os candidatos terão de ter bom domínio em Inglês comprovado pela prova de um nível C1 de Inglês (International English Language Testing System (IELTS) (pontuação mínima de 6.0 com pelo menos 5.0 pontos em cada seção); Test of English as a Foreign Language (TOEFL) (em papel) pelo menos 550 pontos, com 4.0 na seção de escrita; TOEFL (IBT) 79 pontos com um mínimo de 17 pontos em cada seção). Os candidatos de países de língua inglesa devem fornecer uma carta oficial da Universidade onde se formaram atestando que o Inglês é a língua de instrução.

a) Documento comprovativo de habilitação de curso superior, com informação da classificação final (no caso de documento estrangeiro, o candidato deverá apresentar, também a respetiva tradução para uma das seguintes línguas: português; espanhol; francês; ou inglês);

b) Curriculum vitae de acordo com modelo europas e documentos comprovativos dos elementos nele constantes em língua portuguesa ou inglesa ou com tradução certificada,

c) Cartão de Cidadão (frente e verso) ou Bilhete de Identidade e Número de Identificação Fiscal ou Passaporte (terá de escrever no documento que a entrega apenas se destina para confirmação de informação para efeitos de candidatura na ESTeSC);

d) Link para Vídeo no Youtube.

 

Todos os documentos (estrangeiros) têm que ser autenticados pelos serviços oficiais do respetivo país de origem e entregues em versão traduzida para português, com tradução reconhecida pela autoridade diplomática ou consular portuguesa ou trazer a apostilha da Convenção de Haia, não sendo obrigatória a tradução de documentos cuja língua original seja a espanhola, francesa ou inglesa, desde que devidamente autenticado

– Candidatura: desde da homologação até 12 de setembro de 2021;

– Afixação da lista de admitidos e seriada dos candidatos colocados: até 21 de setembro de 2021;

– Reclamações: até 23 de setembro de 2021

– Decisão sobre reclamações/lista final seriada de colocação: até 30 de setembro de 2021;

– Matrícula e inscrição (exclusivamente on-line): 04 a 06 de outubro de 2021.

No caso de não serem preenchidas todas nas vagas nas fases do concurso, poderá realizar-se uma fase de candidaturas mediante proposta do Presidente da ESTeSC com calendário a divulgar.

20 Vagas

As candidaturas realizam-se exclusivamente on-line através da plataforma informática de gestão académica (NONIO). – Manual de candidaturas on-line

No final do processo o candidato deverá imprimir/visualizar o pagamento dos emolumentos associados à sua candidatura e o comprovativo da sua candidatura.

A candidatura só será válida e considerada aceite para efeitos do concurso, após a receção do pagamento do emolumento da candidatura na ESTeSC até ao ultimo dia de candidatura da respetiva fase.

A disponibilização das listas seriadas provisórias e das listas definitivas homologadas pelo IPC, são efetuadas através plataforma informática de gestão académica (NONIO), acessíveis aos candidatos através da área da candidatura.

As matriculas e inscrições decorrem exclusivamente on-line através da plataforma informática de gestão académica (NONIO). – Manual de matriculas e candidaturas online

A matricula terá de ser finalizada através da prova de vida, para o efeito os candidatos colocados receberão uma notificação com um link de acesso a uma sessão ZOOM.

A não efetivação/validação da matricula e inscrição por parte do candidato colocado, nos prazos estabelecidos, implica a perda de vaga, sendo chamado o candidato não colocado de acordo com a ordem de seriação da lista definitiva homologada pelo IPC.

A candidatura está sujeita ao pagamento de uma taxa de acordo com a TABELA DE EMOLUMENTOS e deverá ser paga através de multibanco depois de formalizada a inscrição.

Presidente: Fernando José Figueiredo Agostinho D’Abreu Mendes (ESTeSC);

Vogal: Armando José Cerejo Caseiro (ESTeSC)

Vogal: Diana Raquel Fernandes martins (ESTeSC)

Vogal: Christine Schnabl (University of Applied Sciences Campus Wien)

Vogal: Veronika Stefanik- (University of Applied Sciences Campus Wien)

Vogal: Camilla Hesse – (University of Gothenburg)

Vogal: Gunnel Hellgren– (University of Gothenburg)

Vogal: Steve Meaney – (Technological University of Dublin)

Vogal: Kathleen Brosnan– (Technological University of Dublin)