Provas de acesso

APRESENTAÇÃO

As provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores dos Maiores de 23 Anos (M23) destinam-se a permitir às pessoas que “completem 23 anos de idade até ao dia 31 de dezembro do ano anterior que antecede a realização das provas” e que não tiveram oportunidade de frequentar o Ensino Superior, a possibilidade de o fazerem.

Podem inscrever-se os estudantes que, cumulativamente, cumpram as seguintes condições:

  • Sejam maiores de 23 anos;
  • Não sejam titulares da habilitação de acesso ao ensino superior;
  • Sejam titulares das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a sua frequência do ensino superior, realizadas nas Instituições de Ensino Superior (Nota: as provas realizadas em anos anteriores são válidas por três anos, incluindo o ano em que foram realizadas, o que significa que essas provas são válidas para efeitos de candidatura.);
  • Não estar abrangido pelo estatuto do estudante internacional regulado pelo Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, e sucessivas alterações

Os candidatos devem optar por uma das seguintes provas: Biologia ou Química ou Física ou Matemática.

Após realização e aprovação nas provas de acesso a colocação no curso não é automática, é necessário realizar candidatura às vagas dos Concursos Especiais, que incluem o acesso para Maiores de 23 e acesso para titulares de cursos superiores, médios e pós-secundários.

 

CALENDÁRIO DE AÇÕES

AÇÃO DATAS
Constituição do Júri
(a enviar pelas UOE ao DGA/SC para homologação)
Até 12 de março de 2021
Afixação dos conteúdos sobre os quais incidem as provas 01 de abril de 2021
Inscrição para realização das provas De 01 a 15 de abril de 2021
Afixação das pautas de inscritos 20 de abril de 2021
Realização das provas e entrevistas De 03 a 31 de maio de 2021
Afixação das pautas de classificação 07 de junho de 2021
Reclamação sobre a classificação final De 08 a 12 de junho de 2021
Afixação das pautas finais de classificação 30 de junho de 2021

 

Irão abrir candidaturas à inscrição nas provas os 8 cursos de licenciatura atualmente em lecionação na ESTeSC, Audiologia; Ciências Biomédicas Laboratoriais; Dietética e Nutrição; Farmácia; Fisiologia Clínica; Fisioterapia; Imagem Médica e Radioterapia; e Saúde Ambiental.

As provas são uma das seguintes: Biologia; Física;  Matemática;  Química.

 

CONTEÚDOS DAS PROVAS

[informação extraída da Ata nº 01/2021 – Reunião do júri das provas de Avaliação de Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores dos Maiores de 23 anos]

Biologia [consultar prova modelo]

Quimica

Física

Matemática

 

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Grelha para avaliação curricular

 

CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO

A seriação dos candidatos será de acordo com a classificação final, das provas de avaliação de capacidade para a frequência dos cursos superiores dos maiores de 23 anos e, em caso de empate, será aplicada a melhor classificação obtida na prova específica das referidas provas. [Mais informação aqui]

 

DOCUMENTOS DE CANDIDATURA

Documentos obrigatórios:

– Digitalização do Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade e Número de Identificação Fiscal ou Passaporte (terá de escrever no documento que a entrega apenas se destina para confirmação de informação e para afeitos de candidatura à ESTeSC);

– Curriculum vitae;

Documentos não obrigatórios:

– Outros documentos que os candidatos achem relevantes para integrar o processo de candidatura.

 

► FASES DO PROCESSO 

A avaliação da capacidade para a frequência de um curso de Licenciatura integra, três componentes:

 

1. Realização da prova especifica:

Prova de Biologia – Professora Célia Gomes

Prova de Química – Professor Paulo Isabel

Prova de Física –  Professor Filipe Amaral

Prova de Matemática –  Professora Maria Clara Rocha.

 

A prova específica para cada um dos cursos será constituída por um teste escrito, disponibilizado através de uma plataforma digital, caso a situação de contingência se mantenha (deverá ficar registado o acordo mútuo entre o júri e o respetivo candidato e asseguradas as condições técnicas para a realização das provas).

Se a referida situação, na data agendada, estiver normalizada, mantem-se o formato habitual de teste escrito presencial.

 

2. Entrevista:

A realização da entrevista só terá lugar se o candidato obtiver uma classificação igual ou superior a 9,50 valores na prova.

 

A entrevista, para além de discutir aspetos específicos do Curriculum vitae do candidato e as motivações para a frequência do curso a que concorre, permite aos entrevistadores fornecer ao candidato informação sobre o plano de estudos, modo de funcionamento e saídas profissionais do curso pretendido e aconselhar o candidato a mudar de curso, se for possível fazê-lo, sem necessidade de realização de qualquer prova adicional às já efetuadas, de acordo com a legislação em vigor.

 

A entrevista será da responsabilidade da Professora Lúcia Simões Costa e da Professora Isabel Andrade. Será realizada não presencialmente, por videoconferência, caso a situação de contingência se mantenha na data agendada (deverá ficar registado o acordo mútuo entre o júri e o respetivo candidato e asseguradas as condições técnicas para a realização da mesma). Se a referida situação, na data agendada, estiver normalizada, mantem-se o formato habitual da entrevista presencial.

 

3. Avaliação curricular:

A avaliação curricular é feita com base na apreciação do curriculum vitae de cada candidato, devidamente documentado. Os critérios de classificação deverão ser previamente definidos pelo júri e constar de ata.

A avaliação curricular será efetuada pelos Professores Maria Clara Rocha e Filipe Amaral.

 

Serão excluídos os candidatos que:

Obtenham uma classificação inferior a 9,5 valores na(s) prova(s) especificas) obrigatória(s), ou na avaliação curricular ou na entrevista.

Os candidatos que não compareçam às provas especificas ou à entrevista, ou que delas expressamente desistam.

 

CALENDARIZAÇÃO

Provas: dia 24 de maio, 11 horas, a realização das provas irá decorrer presencialmente nas instalações da ESTeSC, piso 1, salas 2.9 e 2.10.

Entrevistas: Calendário de Entrevistas

 

EMOLUMENTOS

A informação disponibilizada abaixo não dispensa a consulta da Tabela de Emolumentos do Instituto Politécnico de Coimbra

– Inscrição para a realização das provas – 50€
– Consulta (por cada prova escrita) – 10€ (a)
– Reapreciação por cada prova (por cada prova escrita) – 50€
– Emissão de certidão (nº4 do artigo 11º do regulamento) – 20€

(a) Em caso de provimento a quantia paga é devolvida ao candidato

 

RESULTADOS DO PROCESSO DAS PROVAS M23

Lista de candidatos admitidos às provas

Pauta de Classificação: Provas Específicas M23

Pauta de classificação das provas especificas de capacidade para a frequência dos cursos superiores dos maiores de 23 anos

Pauta de classificação da avaliação curricular das provas de capacidade para a frequência dos cursos superiores dos maiores de 23 anos

Pauta de classificação final das provas especificas de capacidade para a frequência dos cursos superiores dos maiores de 23 anos

Pauta de classificação final e menção das provas especificas de capacidade para a frequência dos cursos superiores dos maiores de 23 anos

 

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

Despacho SP/40/2021 – Calendário das Provas de Avaliação de Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores do Instituto Politécnico de Coimbra dos Maiores de 23 anos. Ano letivo de 2021/2022.

Despacho SP/70/2021 – Nomeação do júri das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra – Ano Letivo de 2021-2022

A informação disponibilizada não dispensa a consulta do regulamento e legislação destinada ao efeito.